terça-feira, 20 de agosto de 2013

Simplesmente perfeitas!!




Se há coisa que nunca me atrevi a fazer porque não me saíam bem, eram os croquetes ou como dizem os meus vizinhos, las croquetas! Ajudei imensas vezes a minha mãe a fazer e ela ensinou-me outras tantas, mas nunca conseguia que ficassem do meu agrado.

Gosto de ter estas coisas no congelador porque para um dia em que não apetece fazer grande coisa, ou para quando não há tempo, sempre fazem uma bela refeição quando acompanhadas com uma salada ou um punhado de arroz.

Os croquetes da minha Mãe são bons, mas não está aqui para me ajudar!! E noutro dia dei comigo a pensar no que iria fazer com tanta carne que tinha estufada.

Lembrei-me de uma receita que vi no blog, Mi Fogón en tu Cocina, e escusado será dizer que foi mesmo essa que fiz. Não segui a receita à risca porque tinha muito mais quantidade de carne, e apenas usei os ensinamentos deste Chef, o José, para conseguir aquela textura cremosa que tanto me atrai nos croquetes que se comem por aí.

Não é um processo demorado, mas tem o seu tempo! E o melhor mesmo é fazer de um dia para o outro a preparação dos croquetes, para assegurar que a massa fica no seu ponto.

Vamos fazer croquetes??



Croquetes com salada de arroz 

Ingredientes para os croquetes:
  • 500 gramas de carne estufada (usei de porco)
  • 1 cebola picadinha
  • 20 gramas de manteiga sem sal
  • 4 colheres de sopa de farinha
  • 400 ml de leite
  • 200 ml de natas para cozinhar
  • sal, pimenta e noz moscada q.b.
  • Salsa picada q.b.
  • Azeite q.b.
  • 2 ovos + 2 colheres de sopa de leite
  • Farinha q.b.
  • Pão ralado q.b.
Para a salada de arroz
  • 150 gramas de arroz (usei uma mistura de arroz selvagem proprio para saladas)
  • 1/2 manga
  • 1/2 abacate
  • 1/2 tomate 
  • 2 colheres de sopa de passas
  • 3 folhas de hortelã menta
  • Vinagre balsâmico de manga
Execução:
Picamos a cebola em pedacinhos o mais pequenos possíveis e colocamos num tacho com a manteiga e deixamos que fique translúcida, mexendo sempre para evitar que se queime.

Baixamos o fogo e adicionamos a farinha mexendo sempre com a ajuda de uma vara de arames. Mexemos até que a farinha comece a ficar cozida. De seguida adicionamos o leite pouco a pouco, mexendo sempre para evitar que fique com grumos. Aumentamos o lume e deixamos que comece a ferver lentamente e que se coza a farinha. Adicionamos de seguida as natas e mexemos sempre para incorporar bem e deixamos que volte a ferver. Esta operação é muito importante, visto que é necessário que a farinha coza e que esta béchamel fique bastante consistente para que depois de fria se possa moldar.

Adicionamos a carne devidamente picada e incorporamos. Deixamos que ferva mais uma vez e rectificamos o sal e a pimenta. Juntamos noz moscada moída na altura, consoante o gosto, e um raminho de salsa picada.

Colocamos esta massa num tabuleiro e deixamos arrefecer ligeiramente e tapamos com uma película aderente, para evitar que se forme uma crosta. Leva-se ao frigorífico como minímo 4 horas para que a massa adquira a consistência ideal para se moldar.

Eu fiz esta massa de véspera ficando assim toda a noite no frigorífico.

Para moldar os croquetes, enfarinhamos as mãos, e retiramos pequenas porções de massa e damos a forma de croquete. Passamos por ovo, depois por pão ralado, voltando novamente a passar pelo ovo e finalmente por pão ralado. Sim passar 2 vezes por pão ralado faz com que os croquetes fiquem muito mais estaladiços.






Nunca costumo fritar os croquetes assim frescos. Opto sempre por congelar primeiro e só depois fritar, para evitar que rebentem. Os meus tiverem um dia de congelação antes de os fritar.

Fritam-se em óleo bem quente até que estejam dourados e acompanham de arroz ou com qualquer outro acompanhamento que desejarem.

Para salada de arroz, cozi de véspera esta mistura de arroz que tem arroz selvagem, basmati e vermelho, juntamente com 2 colheres de sopa de passas. No dia de fazer a salada coloca-se numa taça o arroz, a manga em quadradinhos, assim como o tomate e o abacate. Tempera-se com um pouco de pimenta e um fio de azeite e sumo de lima, para evitar que o abacate fique escuro. Picam-se 3 folhinhas de hortelã menta e mistura-se no arroz.

Coloca-se um aro de cozinha num prato e colocamos a salada. Salpicamos com vinagre balsâmico de manga e servimos.





Se estes croquetes estão aqui, é porque simplesmente adorei a receita e o resultado final. Quando as provei, não queria acreditar na textura que aporta este bechamel aos croquetes. Era exactamente aquilo que eu procurava e realmente fica diferente de todas aqueles croquetes que já provei. Mãe desculpa, mas estas são melhores!





Não ficam secas, como ficavam as minhas outras receitas, e o único problema destas croquetas é parar de comer, porque simplesmente são deliciosas! O truque de as passar duas vezes por pão ralado faz toda a diferença aportando aparte da cremosidade uma textura crocante incrível!!

Por isso só vos digo, ponham a mão na massa e experimentem!

O almoço serve-se de seguida!

São servidos?

82 comentários:

  1. Bom dia Mena!!
    Por acaso nunca fiz , as tuas ficaram mesmo perfeitas e tão lindas.
    Eu já trincava....
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu ja tinha feito, mas a receita da Mãe!
      Estas são muito boas, São!!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Me encantan las croquetas, Mena, tuve la suerte de tener una gran maestra, mi madre las hace como nadie y yo las adoraba.
    Las tuyas tienen una pinta estupenda.
    Besitos, cielo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pues mi madra tambien me enseño, pero aun asi prefiro estas Ana!!
      Gracias cielo!
      Besitos

      Excluir
  3. Que croquetes fantasticos. Por acaso tambem nunca fiz, mas tenho vontade. Tal como tu disseste sao sempre bons para ter a mao.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Cacahuete livram-nos sempre de um sarilho!! Bons de ter à mao!
      Beijinhos

      Excluir
  4. Olá :) parece-me óptimos, mas alguma vez experimentaste fazer no forno em vez de fritar? Acho que vou tentar fazer assim, não ficam tão dourados mas por vezes ficam bons :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Olá!
      Nunca experimentei no forno, mas com esta base não sei como ficaram!!
      Terei que experimentar!
      Beijinho

      Excluir
  5. Olá querida,
    Ainda vou a tempo de reservar uma dose para mim??
    Bom, é que estão tão, mas tão lindos estes teus croquetes e tão apetitosos, que até almoçava já às 11 da manhã!
    A minha mãe faz croquetes super bem e bem tentou ensinar-me mas eu também nunca tive jeito para eles e depressa declaramos guerra eles a mim e eu a eles...
    Parabéns amiga, pois os teus estão super profissionais e invejáveis e a saladinha de arroz, bem essa até a comia sozinha e sem o croquete a acompanhar, pois está linda, colorida, convidativa e, imagino, super deliciosa!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lia!! Agora tenho sempre no congelador!!
      anda que ha uma dose para ti!! E sim, a salada de arroz, come-se sem croquetes, é tão boaaa!!!
      Ficaram um bocadinho esquisitos mas nao se notam!! :))
      Beijinhos

      Excluir
  6. Ficaram um mimo os teus croquetes. Lindos por fora fofos e cremosos por dentro.
    Já marchavam agora para o almoço.

    Bjinho

    PAULA

    ResponderExcluir
  7. Esqueçi de referir que o arroz também está divinal, muito bem apresentado e com um aspeto delicioso.

    BJS.

    Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) E ficam mesmo assim como dizes Paula!! O arroz esse, até se come sem croquetes!
      Beijinhos

      Excluir
  8. Olá mena,
    Nunca fiz croquetes!
    A verdade é que não sou grande apreciadora, mas olhando os teus acho que mudo de ideias pois estão mesmo lindos e apetitosos!
    O arroz está divino com ou sem croquetes.
    parabéns para quem diz não saber fazer... parecem de profissional!
    Quem sabe um dia ainda me aventuro...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Eu deixei-me levar por estes Lenita! Sao bem diferentes do que estamos habituados!!
      E o arroz, é fantastico!!!
      Beijinhos

      Excluir
  9. Que bela apresentação, e que pena eu tenho de estares longe, senão lá
    tinhas de me aturar ao almoço :)

    Está tudo maravilhoso, como sempre.
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Tu avisa e aparece qd queiras!!
      :) Um beijinho

      Excluir
  10. Olá Mena! :)

    Já não vinha espreitar o teu blogue há algum tempo, mas salgadinhos é comigo! :D

    Nunca fiz são croquetes, nem a minha mãe tinha por hábito fazer, somos mais rissóis! ;) Os teus ficaram bem bonitos, e nem precisaste da ajuda da tua mãe! :D De facto para ficarem perfeitos temos de ir experimentando várias receitas. Adorei o aspecto e consistência dos teus.
    Confesso que adoro salgados fritos, e croquetes vão ficar na lista a fazer! São trabalhosos, mas compensa pelo sabor.

    E assim como tu também congelo os salgados, ou então deixo umas horas no frigorífico para firmar melhor a carne.

    Vou levar uns poucos para o meu almoço! :D

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se compensam!! Tenho que fazer mais salgadinhos para te ver mais vezes por aqui!!
      Beijinhos

      Excluir
  11. Ai Mena... Eu já almoçava, já... nem estava com muita fome, mas estas fotografias abriram-me o apetite, eheheheh. Ficaram lindos e esse interior cremoso, meu deeeeeus! Adorei também a salada de arroz. :)
    Beijinhos, querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Ainda bem que gostaste M.ª João!!
      E sim a salada tb é deliciosa!
      Beijinhos

      Excluir
  12. Estão lindos os teus croquetes e com um aspecto bem apetitoso!
    Confesso que nunca fiz, até porque não ligo muito, mas tens razão é uma coisa que dá imenso jeito ter de reserva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha sempre um convidado surpresa e este tipo de coisas tiram-nos de um apuro!!
      :) Beijinhos

      Excluir
  13. Ficaram perfeitos, as fotos estão lindas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Servidissima, ai eu quero, mas que deliciosos croquetes Meninha e a salada como acompanhamento ficou perfeito, a apresentação esta de encher a boca d'agua, bjs !!!

    ResponderExcluir
  15. Mena,ficaram mesmo perfeitos.Nunca fiz porque o meu marido não gosta mas roubo-te a receita para experimentar.O que me atrai é a textura cremosa e a crosta douradinha.
    bjns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe destes ele gosta, Violeta!
      Tens que experimentar!
      Beijinhos

      Excluir
  16. Oi Mena, realmente ficaramn perfeitos seus croqueres.Também gostaria de ter alguns desses no freezer para ocasiões especificas para comer com uma saladinha ou mesmo como aperitivo. Adorei. Beijos e um lindo dia.

    ResponderExcluir
  17. Ficaram mesmo perfeitos esse croquetes Mena e tem a textura bem cremosa, que delícia !!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Sim a textura é fantastica!!
      Beijinhos

      Excluir
  18. Olá querida, ao ver estes croquetes deu me uma fome tão grande que me sabiam pela vida os comer agorinha.

    Ficaram tão lindos e por dentro tão cremosos hummm.

    Já quis fazer mas como são fritos nunca fiz pois acho que no forno não ficam bons pois não?
    Um dia destes esqueço me da dieta e vou fazer esta tua receita maravilhosa:)


    beijinho muito grande

    Vanessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NUnca os experimentei fazer no forno, Vanessa! Mas um dia que saltes a dieta nao é grave!
      :) Beijinhos

      Excluir
  19. Mena querida, adoro croquetes, mas também não tenho sorte com os danadinhos, os meus nunca ficam bons, só mamãe que os fazia divinamente. Porém, não desisto nunca, tentarei essa receita, pois ficaram lindos, crocantes e deliciosamente úmidos por dentro como gosto. Parabéns, ficaram irresistíveis. Beijinhos, obrigada pelo carinho no meu bloguito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Pois as coisas das Mamãs sao sempre as melhores! Mas desta vez consegui fazer diferente da minha e estou mto contente!!
      :)
      Um beijinho

      Excluir
  20. Bem, acho que te vou encomendar uma remessa deles... Que ricos croquetes!
    Logo, para o jantar caíam que nem ginjas :D

    Beijinhos

    http://paladarescompanhia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) E eu ate mandava mas nao chegariam em condiçoes, Sofia!!
      Caiem sempre bem!
      Beijinhos

      Excluir
  21. Os aviões levam-nos num ápice onde queremos!! Da Grécia até Andorra em menos de 1 minuto! Sim que eu não deixava estes croquetes para trás!!
    Eu estou como tu, nunca atinei a fazer os croquetes! A minha velhinha bem me tentou ensinar mas foi esforço em vão! E como continuo sem saber fazer os ditos, põe aí um pratinho para mim que eu faço-te companhia para o jantar! Com a salada de arroz também sff pois nunca vi nem comi desse arroz especial!!

    beijinhos!!! Agora vou regressar à Suiça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Poes tens que por a maos à massa menina Kinhas!!!
      Sair da zona de conforto e atrever-te!! :)
      Mas podes vir jantar!! Faço o arrozinho!
      Beijinhos

      Excluir
  22. Se pudesse servia-me mesmo!! :)
    Parecem de profissional, lindos e apetitosos! Acredito que sejam tipo amendoins, comemos um e mais outro...e já não há!
    O arroz também está deslumbrante! Parabéns, está tudo formidável! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tipo amendoins! Isso mesmo, assim que começamos já nao paramos!!
      :) Obrigado!
      Beijinhos

      Excluir
  23. ¿¿¿Por qué eres tan guapa????
    ;)
    Tan sencilla y tan grande!! cuando he visto las croquetas en facebook no me lo podía creer. Pero lo que más me ha gustado es que hallas hecho tu propia receta aplicando las indicaciones que puse en la receta que publiqué. Me gustan las personas que experimentan y adaptan sus propias recetas a partir otras ya existentes. Siempre innovar mejor que copiar. FABULOSAS SÍ SEÑORA.

    Y también muchas gracias por haberme citado en la introducción que hiciste ;) MUUUUACKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. El guapo aquí eres tú!! Por compartir recetas tan buenas!!
      No son como las tuyas, pero lo intenté con lo que habia! Y la textura tal cual lo dicias!!!
      Y tenia que mencionarte, siempre lo hago!!!
      :)
      Un besito

      Excluir
  24. Olá....
    ADORO ADORO ADORO :)...........
    Beijocas
    Leonor

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  25. Sabes que não vou muito em croquetas, mas estas têm cá um aspecto.....Parecem tão cremosas por dentro, já imagino que se derretam na boca! :) Não são como aqueles croquetes massudos e aborrecidos!!

    Melhores que as da mãe, só pode ser algo de levantar as mãos para o alto e agradecer :D

    Beijinho,
    Aida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POr me lembrar desses massudos e aborrecidos, é que digo que estes sao fantásticos!!!
      :) Como tu dizes, desfazem-se na boca!
      Da proxima faço rissois de camarao!!
      Beijinhos

      Excluir
  26. Bem que maravilha, dicinal super gulosos esses croquetes :)
    Tal como tu ou melhor tal como eras antes eu não atino nada a faze-los :S como costumam dizer não dou uma para a caixa :D
    Por isso Mena onde é que clico para fazer uma encomenda? :D

    Beijinhos e um bom final de tarde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlita nao ha nenhum botao para encomendas!!
      Antes houvesse e pudesse!
      É uma questao de experimentares e atinares com eles como eu!!
      Beijinhos

      Excluir
  27. Eu adoro croquetes Mena! :)
    Nunca fiz sozinha, mas adoro comer. Se bem que como pouquíssimas vezes por ser frito.
    Mas de vez em quando sabem tão bem :)
    Os teus ficaram perfeitos! Não em vou esquecer de cá voltar quando fizer os meus primeiros.
    Boa a dica de passar duas vezes no pão! E esse recheio ficou bem cremoso, que bom.
    Um beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tiveres acompanhada melhor! por moldar e panar ao mesmo tempo, é uma trabalheira!!!
      Já sei que sao fritos, mas sabem tao bem!!
      :)
      Beijinhos

      Excluir
  28. pues mira ya te has quitado el miedo a las coquetas jjiji. tienen un aspecto muy bueno. unbesoteeeeeeee

    ResponderExcluir
  29. Boa noite, Mena1
    Só é pena já ter jantado, servia-me com agrado destes teus maravilhosos croquetes... que apetitosos!
    bjs

    ResponderExcluir
  30. Mas que trinca eu dava num.....uiiii o aspeto é delicioso....e do arroz nem se fala, simplesmente perfeito!!!!
    Beijinhos
    Nel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que te dá vontade de dar uma trinca!!!
      Beijinhos

      Excluir
  31. Ai que delícia! Apetecia-me tanto, ainda por cima ando sem tempo para cozinhar!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) E isto exige tempo!! Qd tenhas ja sabes!
      Beijinhos

      Excluir
  32. cro,cro,cro...que, que,que...tas,tas,tas... Y además plas,plas,plas (aplauso con ganas) unas maravillosas croquetas que no se porqué siempre que vemos croquetas decimos "mi madre hace las mejores croquetas del mundo", ahora también diremos: "Mi madre y Mena hacen las mejores croquetas del mundo" Siempre sorprendiendonos de una forma delicada y maravillosa. :)Bss preciosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este ha sido el ultimo comentario que vi antes de dormir!! Soles, eres un Sol!!!
      No tengo palabras!!
      Eres una reina!
      Besitos

      Excluir
  33. Olá, minha querida!
    Vamos lá "croquetar", que os teus com esse salero espanhol estão por demais! Eu adoro croquetes, mas tenho alguma preguicite - eu, pecadora, me confesso... - em fazê-los. Quando tiver umas sobras de carne vou combater a preguicite, que já vi que vale bem a pena, oh yeah!
    Um beijinho grande,
    A Cozinheira

    http://danossacozinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu acho mto bem que faças croquetes!!! A preguiça é inimiga das coisas boas e tu ja sabes que preguiça é comigo, né?
      Pois ja sabes, Cozinheira, toca a fazer croquetes!
      Beijinho grande

      Excluir
  34. Olá

    Que pelo aspeto....

    Beijinhos
    http://pratocaseiro.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  35. Croquetes perfeitos! Eu nunca me atrevi a tal coisa. Experimentei fazer de peixe e sairam tão feios. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma questao de pratica!! Ana, escolhi os mais bonitos!!
      Beijinhos

      Excluir
  36. Fiquei com vontade de experimentar! Nunca fiz! Fotos lindas como sempre Mena!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois agora ja tens uma desculpa para experimentar!!!
      Beijinhos

      Excluir
  37. Confesso que nunca fiz croquetes em casa a pensar que aquilo ia dar uma tragédia grega para o jantar :)
    Mas fiquei completamente tentada ao olhar para os teus! Ficaram perfeitos!

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tragedia?? Nao Cuca, feitos com tempo tudo corre bem!!
      Beijinhos

      Excluir
  38. E nao é que estes croquetes ficaram mesmo com um aspeto delicioso??? Tu nao me atentes... nao me atentes que eu num posso fazer estas coisas... agora o tempo foge-me das maos... Mas minha linda, estao com um aspeto mesmo delicioso completamente rendida á tua receita, e sem duvida que no dia dos anos do meu amorzito irei faze-los!!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Se nao tivessem ficado nao tinha colocado aqui Margarida!!!
      Sao taoooo bons!!! Experimenta!
      Beijinhos

      Excluir
  39. Estes croquetes ficaram muito parecidos aos que eu costumo fazer. Que aspecto delicioso! Adorei! Beijocas :)

    ResponderExcluir
  40. Ai Mena, eu se tivesse tempo até te contava a minha história dos croquetes, mas não tenho tempo e ia ser uma vergonha, só te digo foi tudo para o lixo, tudo, realmente sou mais de doces.
    Mas esquecendo esta história, gostei desta tua sugestão, acho que devem ser os croquetes mais cremosos que já vi, o interior já me conquistou e nem uma dentada dei, a cor deles é tão perfeita e bonita e não me vou esquecer da dica do pão ralado, acho que quando tiver de férias vou experimentar.
    O arroz já me piscou o olho, foi amor assim que o vi, adoro este acompanhamento e com passas não digo mesmo que não, vou buscar a marmita para o almoço:)


    Beijinhos

    ResponderExcluir