terça-feira, 25 de março de 2014

C'est un Fraisier!


Whole Kitchen en su Propuesta Dulce para el mes de Marzo nos invita a preparar un clásico de la cocina francesa: Tarta Fraisier.





Fraisier vem da palavra Fraise, que em francês significa morango e como tal a primeira significará morangueiro. Isto sou eu a tentar traduzir, se bem que nem tudo o que parece é! Mas seja o que seja é o nome da tarte para mais um desafio do Whole Kitchen.

Assim que vi o desafio, pensei para os meus botões: Aiiii a minha vidinha! Eu sei lá fazer isto! Está mas é sossegadinha, porque isto é muita areia para a tua camioneta! 

Eu pensar pensei e estive até à última para o fazer! Sim porque ver fotos desta sobremesa por essa blogosfera e afins, é um atentado a uma alma gulosa como a minha! E a bendita imagem andava a atormentar-me até durante a noite! Até sonhei com ela e tudo! Pronto já sei que isto pode ser sinal de loucura, mas isso também já não é novidade. Aposto que haverá muito mais gente que sonha com comida!

Pois se há sonhos que se podem concretizar mais rápido são estes!! Fossem os outros assim, e eu a estas horas estava no Caribe a tomar banhos de sol! Oh se estava! Sim porque a Primavera, foi-se! Quando o sol nos acostumou à sua presença durante uns dias, deixou-se intimidar outra vez pela neve! Típico da Sibéria!

Um dia destes com a Maria, a conversarmos sobre as férias, eu dizia-lhe que só chega a altura quando estiver mais quentinho! Resposta muito pronta da catraia:
- Pois Mãe, é que o sol esconde-se porque tem medo da neve!

E esta tarte Fraisier não é mais nem menos que uma porção de morangos, escondidos entre duas capas de bolos embebidas numa calda de kirsch, e envolvidos num creme mousseline. Ou seja, um creme pasteleiro enriquecido com um creme de manteiga! Coisa inadequada para quem está de dieta! Mas há coisas que têm que ser feitas ao menos uma vez na vida!

Aqui por casa, chegou essa oportunidade!






É uma tarte que exige diversas preparações e parece ser muito mais complicada do que aquilo que realmente é. A receita fornecida pelo Círculo Whole Kitchen é de um dos melhores pasteleiros franceses, Pierre Hermé. Ora como grande que é, a receita é à sua altura, mas como eu sou pequenina, fiz alterações à mesma. Colocarei parte da receita do Hermé mas com as alterações que fiz.

Tarte Fraisier

Ingredientes:

Para a tarte:
- Creme mousseline (ver receita abaixo)
- 500 gramas de morangos
- Discos de bolo (ver receita abaixo)
- Gelatina de morangos (ver receita abaixo)
- Aros de cozinha de 20 cm ou 2 de 10 cm
- Papel de acetato

Para o bolo:
- 110 gramas de açúcar
- 3 ovos
- 30 gramas de manteiga
- 110 gramas de farinha peneirada

Para o creme mousseline:
- 1 vagem de baunilha
- 80 gramas de açúcar
- 350 ml de leite
- 4 gemas de ovos
- 15 gramas de amido de milho
- 15 gramas de farinha de trigo
- 250 gramas de manteiga amolecida

Para a calda:
- 100 gramas de água
- 120 gramas de açúcar
- 20 gramas de kirsch (licor de cereja)

Para a gelatina:
- 200 gramas de morangos
- 1 colher de sopa de açúcar baunilhado
- 2 colheres de sopa de açúcar (podem colocar mais, para ficar mais doce)
- 3 colheres de sopa de água
- 2 folhas de gelatina

Decoração:
- Chocolate
- Açúcar em pó
(opcional)





Execução da Mousseline:
Num tacho colocar o leite com as sementes de baunilha e a vagem aberta e metade do açúcar. Deixar aquecer, mas não ferver, e retirar do lume e deixar infusionar e arrefecer.

Numa taça colocar as gemas e o restante açucar. Bater com a ajuda de um batedor de arames até que a mistura fique esbranquiçada. Juntar as farinhas e mexer bem.

Juntar o leite ainda morno sobre esta massa, mexendo sempre. Colocar dentro do tacho e levar ao lume, mexendo sempre e deixando engrossar.

Quando se formar um "caminho" no meio do creme está pronto.

Colocamos noutro recipiente para que arrefeça e reservamos. 

Com a ajuda de uma espátula de silicione, amaciamos a manteiga que deve estar à temperatura ambiente. A textura tem que ser muito suave, quase como a manteiga de untar, para que se posso envolver bem no creme.

Quando o creme estiver morno, juntamos METADE da manteiga. Com a ajuda de uma espátula de silicone, vamos emulsionando a manteiga no creme, que como ainda está morno, vai absorver toda a manteiga. Este processo é muito importante para envolver bem a manteiga e aportar ao creme uma cremosidade estupenda. Depois deste passo tapamos a superficie com uma película aderente e guardamos no frígorifico até que esteja fria.

Retiramos do frigorífico e juntamos a restante manteiga. Batemos desta feita com a batedeira para que a mistura ganhe volume e para que a manteiga fique bem envolvida. Reservamos novamente no frigorífico até à montagem da tarte.




Derretemos a manteiga e deixamos que arrefeça. Pré-aquecemos o forno a 230ºC.

Para o bolo colocamos os ovos e o açúcar numa taça, que possa ir a banho maria, e batemos com a batedeira. Colocamos no tacho com água quente e vamos batendo até que a mistura duplique de volume e se torne esponjosa.

Retiramos do banho maria e continuamos a bater até que a mistura arrefeça. Retiramos duas colheres desta massa e juntamos a manteiga envolvendo suavemente. Adicionamos a farinha com a ajuda de uma espátula envolvendo bem e levantando bem a massa.

Colocamos num tabuleiro, untado com manteiga e polvilhado com farinha, e estendemos bem a massa. Levamos ao forno durante 5-10 minutos. Retiramos e deixamos arrefecer.

Para a calda colocamos o açúcar e a água num tacho e levamos ao lume. Assim que levante fervura juntamos o kirsch e mexemos, retirando do lume. Deixamos arrefecer e reservamos.

Para a gelatina, colocamos os morangos cortados em pedaços juntamente com os açúcares e a água num tacho. Deixamos que ferva. Retiramos e trituramos esta mistura, coando em seguida. Demolhamos as folhas de gelatina num pouco de água fria e aquecemos um pouco no microondas para que derreta. Não muito calor nem muito tempo, para evitar que a gelatina perca as suas propriedades. Juntamos ao puré de morangos coado e deixamos que arrefeça.



Neste vídeo podem assistir aos diferentes passos da receita e da sua montagem. E tomem nota também porque a receita também diferente.

Para montar a tarte, com a ajuda de aros de cozinha, cortamos 4 discos de bolo. No meu caso usei um mediano e um mais pequeno, mas a receita, duplicando a massa do bolo, pode ser feita numa forma ou aro de 20 cm. Colocar uma tira de acetato (se tiverem).

Depois de cortar os discos aparamos os mesmos e colocamos o aro que vai dar forma ao Fraisier. Os discos têm que ser aparados, para que desta maneira quando se coloquem os primeiros morangos, os mesmos escondam o disco do bolo.

Pincelamos este disco com a calda de kirsch, mas não em demasia. Não tem que ficar empapado mas sim humedecido para dar mais frescura e sabor.

Seguidamente colocamos as metades dos morangos em toda a volta do aro de cozinha, com a parte cortada virada para o aro. Retiramos a mousseline do frigorifico e mexemos. Enchemos um saco de pasteleiro com esta mousseline e vamos colocando a mousseline sobre os morangos e sobre o disco do bolo.

Sobre esta mousseline colocamos morangos inteiros ou partidos em metades, mas ponham morangos!!!!

Cobrimos com mousseline e colocamos o outro disco de bolo embebido na calda. Cobrimos com um pouco de mousseline e alisamos a superfície. Por fim colocamos a gelatina de morangos. Como mínimo tem que estar no frigorífico e em repouso 8 horas.

Servir decorado a gosto.




Quando no início dizia que era demasiada areia para a minha camioneta, não me enganei. Sim é uma receita complicada pelos diferentes procedimentos, mas o final vale bem a pena. Como tal há uma série de pequenos apontamentos que vos quero contar, porque para trapalhona eu, e assim podem agilizar o processo se decidirem experimentar.

- Devem começar por fazer a mousseline. Precisa de ser arrefecida e batida duas vezes. Ao começar por ela, podem agilizar o processo ou fazê-lo com antecedência.

- O bolo pode ser feito de maneira normal, sem o banho maria. Este processo usado serve apenas para dar mais volume à massa e deixá-la mais fofinha.

- Coloquei os acetatos nos aros de cozinha, pensando eu que ia ficar lisinho o resultado final. A isto chamo eu falta de sabedoria ou mesmo falta de jeito, porque quando os retirei, houve bocadinhos de creme que se me escaparam. Mas nada que não se possa resolver com uma pequena espátula alisando depois o lateral.

- Os morangos têm que estar presentes, por isso se chama Fraisier. Podem achar que sao muitos mas vão ser todos utilizados. Normalmente para a parte exterior devem ser escolhidos os morangos com o mesmo tamanho para que fique mais bonito. Por aqui, foi quase missão impossível, mas quase nao se nota. Na ultima camada de creme eu coloquei mais quantidade do que devia, e por isso se nota tanta diferença entre os morangos e a superfície.




Ainda assim, com defeitos, aquilo que sobra é isto! Entre que as vizinhas puderam provar e eu também, esta foi a sobremesa do jantar. E quase que havia aqui uma revolução por causa dos pequenos.

Se uma come os morangos como seja, o outro dá-lhe dois tiros! Mas quando viu o que tirei do frigorífico aquele que não gosta de morangos, não se importou de os comer!!

E para mim quando vejo que o meu pequeno gourmet se delicia com coisas novas, é a prova de que está bom!

Depois de uma manhã no ski, já me servia de uma fatia! Pena que já não há!

67 comentários:

  1. Opah! Como é que vou dizer isto ... ora cá vai ... Espectáculo!!!!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lolool.... Quem fala assim não é gago!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Não me atreveria a fazer uma sobremesa destas, mas tu és uma mestre nas sobremesas e como sempre ficou fabuloso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh!!!! Nao digas disparates!
      Tu tb sabes fazer!
      Beijinhos

      Excluir
  3. Que buena pinta con el chocolate, humm!!! Yo también los hice pequeños y han sido todo un éxito!

    ResponderExcluir
  4. Fantástico, Mena! Tu estás uma mestre pasteleira fenomenal, acho que está na hora de mudares a sério de profissão :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Não é coisa que nunca tenha pensado!!!
      Beijinhos

      Excluir
  5. Olá Mena!
    Isto é uma verdadeira obra de arte! A pastelaria francesa no seu melhor...e feita por uma Portuguesa pois então!
    Uma maravilha! Parabéns!
    Beijinhos
    Lena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obra de arte não!!! Mas a pastelaria francesa é sem duvida uma maravilha, Lena!
      Beijinhos

      Excluir
  6. Parabéns!!! Pela fantástica sobremesa, pelo trabalho e pelas fotos! Verdadeira chef talentosa :)
    bjnho

    ResponderExcluir
  7. Parabéns!!! Pela fantástica sobremesa, pelo trabalho e pelas fotos! Verdadeira chef talentosa ;)
    bjnho

    ResponderExcluir
  8. Una auténtica delicia para la vista y..el paladar!!!
    Parabens;)

    ResponderExcluir
  9. E.S.P.E.C.T.A.C.U.L.A.R.!!! que grande eres
    Mucha suerte Mena... un besito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E.X.A.G.E.R.A.D.A!!!!
      Como siempre lo eres Victoria!
      Un besito!

      Excluir
  10. Olá Mena!!
    Simplesmente maravilhoso!!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  11. WoW, esa versión mini te ha quedado genial!!!! Como me ha gustado la decoración!!!

    Un besito,
    Sandra von Cake

    ResponderExcluir
  12. Estão um espectáculo! mas é muito trabalhoso e muita areia para a minha camioneta! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb pensei o mesmo Helena! Mas está visto que nao!!
      Beijinhos

      Excluir
  13. Que bom aspecto ;)

    viagemdoceviagem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Preciosas!!! Me ha gustado mucho tu versión y con el adorno que le has puesto luce aún más bonita. Es una tarta riquísima, cuesta un poco de preparar, pero el resultado merece la pena. Está tan rica!!!

    Besitos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Si que es muy rica, Suny!
      Pero todo en esta vida lleva trabajo, verdad??
      Un besito

      Excluir
  15. Mena, que lindooos e mimosos. Adorei a apresentação!
    Só fiz uma vez também, dá trabalho mas depois ao desenformar recompensa, no visual e no sabor.
    É das minhas sobremesas favoritas (fazendo de conta que não tem manteiga) :)
    O melhor é fazer assim, versão individual para não perder a cabeça.

    Espero que o sol volte depressa à Sibéria :)
    Bjinhoooos






    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei surpreendida com a receita! E a manteiga tb me saltou logo à vista... Mas so de vez em quando é que se pode fazer, para aproveitar o melhor dos morangos!!!
      Esta versao, dá para mais do que uma pessoa!!! A nao ser que sejam mto gulosas!
      Beijnhos

      Excluir
  16. Ficou linda e com morangos agrada-me.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Mena, esta tua tarte está linda linda linda!
    Até pode ser imprória mas não é para os nossos olhos :) Magnifico!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for feita assim de vez em quando, assim muito em quando, pode ser propria!!
      Por é fantastica!!
      beijinhos

      Excluir
  18. Que bonitas decoraciones de chocolate. Las tartas tienen un aspecto delicioso. La verdad es que a mi también me asustó cuando vi la receta en un principio, pero esa crema de musseline es espectacular...
    -Alejandra-
    http://entrepasteles.homelinux.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias Alejandra!
      La verdad es que al final, merece todo el trabajo!
      Un besito

      Excluir
  19. Aaiii eu, isto é um atentado a minha gula! Eu nunca fiz um Fraisier na minha vida, mas de cada vez que vejo um fibo a babar e com vontade de ir a correr comprar morangos, arregaçar as mangas, meter as mãos na massa e fazer uma obra maravilhosa e linda como essa que fizeste. Ok, isso seria uma missão impossível, pois nem chegaria os teus calcanhares numa apresentação sublime como a tua. Mas sabes? Um dia eu hei-de fazer um fraisier, else andam aí a tentar-me na blogosfera, e um dia tu vais ver...
    Está lindo amiga Mena e imagino que deve ser TÃÃOOO bom. ;)
    Beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu acho que quando tiveres morangos que podes arregaçar essas mangas, porque o resultado vai ser mto melhor!! E disso eu tenho a certeza!
      E sim meu caro, nao Watson, mas Célio, é muitoooo bom!!!
      Beijinhos

      Excluir
  20. que lindos!!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  21. Maravillosa! Me chiflan las versiones mini, preciosa preciosa, tu también has incluido choco que bien!

    marisaenlacocina.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Es que minis son mas bonitos!!
      Gracias Marisa!
      Besitos

      Excluir
  22. Ficou tão bonito!
    Por aqui ainda não temos morangos de verdade, espero que eles cheguem logo. Levo a tua receita, pois gosto muito desta sobremesa. Tenho certeza que a minha não chegarà aos pés da tua, mas vou tentar!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kati pois entao aproveita e experimentar! Ja verás que gostas!
      beijinhos

      Excluir
  23. Oh que bonitas! Y el chocolate le da un toque precioso.

    ResponderExcluir
  24. Que buena idea decorar con chocolate!! Me lo apunto!!
    Besos
    Sonia

    ResponderExcluir
  25. Como se um fraisier fosse algo que pudesse assustar uma Chef Patissier magnífica como tu minha mana Bundette!!!
    Ainda bem que sonhaste com o fraisier e com as imagens dele, pois assim contemplaste-nos a nós com este colírio para os olhos de qualquer amante da pastelaria.
    Beijinhos para ti e pintainhos lindos,
    Lia.


    P.s. - ainda estou à espera das fotos do sky...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha mas tb sonhei com caixas de sapatos na mesma altura! Imaginas no que isto se podia ter transformado??
      As fotos do ski vao a caminho!
      Beijinhos triplicados

      Excluir
  26. Mena
    Tenho de concordar com a Lia. Um fraisier c'est trés trés facile pour la maitre patissier, grand Chef Mena Lopes!
    Uma verdadeira obra de arte, adoraria por-lhe o dente!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que eu já me ri!! Mas pronto, so tu para dizeres esse disparate!
      Pois pena tenho que nao estejas mais perto!
      Beijnhos

      Excluir
  27. Qual areia demais para a tua camioneta, ficou perfeito, perfeitíssimo, maravilhoso, etc e tudo bom...
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Que trabalheira mas valeu mesmo a pena ficaram uma elegância!
    parabéns chef Mena ;))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Ana, mas tu tb??
      Sim vale bem a pena o trabalho!
      Um beijinho

      Excluir
  29. Tu não me vês e ainda bem... porque se visses, percebias que eu estive uns min a fazer vénias à artista desta maravilha! Isto, depois de andar para cima e para baixo enternecida com as fotografias! Uau! Uau, uau uauuuu! Estão perfeitos, Mena! Tu estás feita uma pasteleira perfeita! :D
    É que nem vou pedir teletransporte, porque me atrasei a chegar aqui e, pelo aspeto (UAU) dos fraisiers, já não há de certeza...
    Beijinhos, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tu não fosses uma exagerada que querias ser Mª João?
      Acabaram no mesmo dia! Mas vale a pena fazer!
      Beijinhos

      Excluir
  30. Uau! Estou fascinada com esta sobremesa, menina! E as fotos? Queres matar-me do coração!
    Espectacular, Mena. Qualquer dia ainda hei-de provar uma sobremesa tua!
    É bom passar por aqui. Surpreendes sempre!
    Beijinho

    Sílvia
    http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso de provar nunca se sabe, Silvia!
      Mas temos que fazer uma troca, sim?
      Uma tua e uma minha!
      Beijinhos

      Excluir
  31. Oh que lindo!
    E ainda dizes tu que és pequenina, Maria Mena!
    Adoro ver pequenas obras de arte assim, de pastelaria, como-as com os olhos.
    É verdade que dão trabalho, mas sao lindas!
    Um beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois sou!!! E assim continuarei muito tempo!
      Com a mania, só!
      Beijinhos

      Excluir
  32. Oh Mena, agora deixaste-me a suspirar por uma sobremesa dessas. Que lindas! Adorei.
    Simplesmente fantástico. Imagino o sabor...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso de deixar a suspirar é bom! :)
      Beijinhos

      Excluir
  33. Tenho poucas palavras que consiga dizer...pois ainda estou babando...salivando....um dia quando for grande vou fazer uma sobremesa assim.
    Esta uma maravilha e deve ser DELICÍOSA.
    Bjinhs
    Cristina
    http://nozmoscadaegengibre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina, não precisas de ser grande porque já o és!!
      Experimenta porque vais gostar!
      Beijinhos

      Excluir