quinta-feira, 23 de abril de 2015

Supostamente tricolor...

Se não tivesse estado até altas horas da madrugada na minha cozinha, hoje a preguiça podia comigo e este post ficava só no pensament.


Sim porque era obrigatório fazê-lo e mais cedo ou mais tarde tinha que aparecer. Assim agora estou aqui com vontade de ir dormir uma sesta, mas com a sensação de dever cumprido! (risos)


Quase parece isto uma obrigação, não é? Pois não é, mas é quase! Porque o Bundt tinha que sair, mais dia menos dia, e porquê retrasar o óbvio? 


Esqueci-me da preguiça e sentei-me na secretária e comecei a tratar do post! E agora que aqui estou, já não há volta a dar.

Ora o tema desta edição da BundtMania, é Neapolitan Bundt Cakes. Ou seja, bolinhos de três cores, para nos alegrar a vista.

Já tinha feito umas miniaturas e resolvi voltar a fazer mas em tamanho familiar. O resultado desta vez foi muito mais surpreendente! Primeiro porque pûs mais corante e segundo porque é formato familiar e nota-se bem a diferença entre as camadas.

Numa tentativa de fazer um Neapolitan Zebra Bundt Cake o resultado não foi tão perfeito como eu queria, mas na Sibéria as coisas são diferentes, logo as zebras também!







Neapolitan Zebra Bundt Cake
(receita retirada daqui.)


Ingredientes:
- 300 gramas de manteiga sem sal derretida e fria
- 250 gramas de queijo ricotta
- 400 gramas de farinha
- 400 gramas de açucar
- 6 ovos
- 1 colher de sopa de essência de baunilha
- 1/2 colher de chá de sal
- 1 colher de chá de fermento em pó
- 60 gramas de gelatina em pó de morango
- 40 gramas de cacau sem açúcar
- Corante rosa(opcional)


Cobertura:
- 125 gramas de chocolate
- 100 ml de nata


Execução:

Pré aquecer o forno a 180ºC. Untar a forma de bundt com manteiga e polvilhar com farinha. Reservar.

Bater o queijo ricotta e reservar. Numa taça peneirar a farinha, o sal e o fermento e reservar..

Numa taça bater a manteiga com o açúcar até obter uma mistura fofa. Juntar o ricotta previamente batido.

Juntar os ovos, um a um, batendo bem, entre cada adição. Juntar um terço da farinha e bater, de seguida adicionar metade do ricotta envolvendo bem na massa. Adicionar outro terço de farinha e de seguida o ricotta restante. Terminar de adicionar a farinha batendo bem a massa, a uma velocidade média entre cada adição.

Dividir a massa em três partes iguais, aproximadamente 550 gramas. Na primeira juntamos a baunilha, na segunda a gelatina de morango e na terceira o cacau.


Colocar colheradas alternas de cada uma das massas. Uma colherada de chocolate, seguida de uma de baunilha justo em cima da de chocolate e seguida de uma de morango. Repetir esta operação até que se acabem as massas. Bater a forma sobre uma superfície plana, dando uma pancada seca, para que as camadas se alisem.

Levar ao forno durante 40 minutos aproximadamente ou até que o palito saia seco.

Retirar do forno e deixar arrefecer 15 minutos na forma. Desenformar e deixar arrefecer sobre uma rede, embrulhado num saco de plástico.


Aquecer as natas e colocar o chocolate partido em pequenos pedaços, deixando que se derreta. Mexer bem de forma a obter uma ganache lisa e sedosa. Decorar o bolo a gosto.







Já não me lembrava como era esta receita. Dois anos passam muito rápido e há coisas que ficam apenas na memória. Agora o poder da memória é muito maior e volto a afirmar que é qualquer coisa de muito bom. Adoro quando os bundts ficam com um aspecto denso, mas ao mesmo tempo não se tornam muito maçudos!








O melhor dos dias da preguiça, é ter um bolinho pró lanche. O melhor dos dias de preguiça, é poder fazer aquilo que eu gosto e partilhar.

Agora só vos toca a vocês, deixar a preguiça e fazerem um Neapolitan!

Enquanto isso, vou fazer um chá!


São servidos?











5 comentários:

  1. E ainda bem que a preguiça ficou de lado. Esta lindo.

    ResponderExcluir
  2. Essas fatias ficaram lindas, apetece mesmo pegar e comer.
    Adorei
    bj

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que está muito bem e bonito!
    bjinhos

    ResponderExcluir
  4. Olha, supostamente zebrado ou não, porque tricolor já ele é e muito bem, o certo é que o teu bundt, ou zebra da Sibéria, como lhe quiseres chamar, está lindo, perfeito e muito convidativo e sim, serve lá o chá que eu vou partilhá-lo contigo de boa vontade e com muita alegria. Embora, me cheire que já nem migalhas há...
    Um beijinho para ti e 3 para cada pintainho,
    Lia.

    ResponderExcluir
  5. Mena, que este teu Napolitano ficou perfeito, não existem dúvidas!
    Está simplesmente do mais lindo que há, com essa camadinhas super vibrantes.(comigo essa receita não resultou muito bem!) ADOREI!
    Esta vossa edição trouxe-me recordações, boas e más :D, de quando fiz o Zebra para a Bundtmania e só à 4ª é que me safei, e ainda assim, com muitas imperfeições.
    Ainda não decidi como vou abordar esta edição, mas lá chegarei :)

    Bjinhos

    ResponderExcluir